“A segunda fase da Raposo conclui nossa luta de anos”, diz Madalena


 

A autorização para a segunda etapa da licitação para restauração da rodovia SP 270 (Raposo Tavares) foi assinada nesta manhã de quarta-feira, 13/09, no Palácio dos Bandeirantes, pelo governador Geraldo Alckmin. Os investimentos estaduais para execução das obras são de R$ 930,5 milhões (os recursos chegam via Banco Mundial), sendo R$ 627,7 milhões nesta segunda etapa licitatória, e outros R$ 302,8 milhões já autorizados na primeira fase.

O deputado estadual Ricardo Madalena, coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da SP-270, faz questão de recordar que a luta por uma Nova Raposo foi iniciada em 2013 ao serem coletadas mais de seis mil assinaturas em abaixo-assinado. “Acompanhado de vários prefeitos da região, entregamos o abaixo-assinado ao secretário Estadual de Transporte da época”, lembra Ricardo Madalena que na ocasião era superintendente do DNIT-SP.

“Além da melhoria da rodovia, que vai trazer total segurança aos usuários, essa obra vai gerar quase dois mil empregos diretos, trazendo mais benefícios às famílias que vivem na região e fortalecendo a economia de todos esses municípios”, disse Madalena.

Nesta segunda fase acontece a recuperação de 100,6 quilômetros de pistas simples, a implantação de terceiras faixas em 54,8 quilômetros do lado direito e em 62,4 quilômetros do lado esquerdo, a implantação de acostamentos em 34,6 quilômetros do lado direito e em 40 quilômetros do lado esquerdo, além de um novo viaduto. Também será feita a revitalização completa da sinalização e melhorias no sistema de drenagem.

A abertura dos envelopes contendo as propostas e os preços está agendada para o dia 31/10.

Obras em andamento

Desde 1º de agosto, já está em andamento a licitação para contratação dos primeiros quatro lotes da rodovia, do km 295,4 ao km 373. O trecho inclui Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes, Canitar e Ourinhos.
O valor orçado dos lotes 1 a 4 é de R$ 302,8 milhões. A abertura das propostas foi agendada para o dia 29 de setembro. Juntos, os dois editais, com oito lotes de obras, totalizam R$ 930,5 milhões.

Veja como serão as obras:
TRECHO PIRAJU/OURINHOS – PRIMEIRA FASE
KM 295,4 ao KM 373
– Duplicação de 23,86 km
– 5,58 km de faixas adicionais
– Implantação de 4 dispositivos
– Melhoria em 3 dispositivos
Extensão total de 77,6 km
Investimento de R$ 302,8 milhões

TRECHO ITAPETININGA/ITAÍ – SEGUNDA FASE
KM 169 ao KM 295,4
– Duplicação de 26,6 km em trechos alternados
– Implantação de 117,2 km de faixas adicionais
– Implantação de 74,6 km de acostamentos
– Implantação de 3 passarelas
– Implantação de 17 dispositivos
– Melhoria em 11 dispositivos
– Implantação de 1 viaduto
Extensão total de 126,4 km
Investimento de R$ 627,7 milhões

“A segunda fase da Raposo põe fim à nossa luta de tantos anos pela realização desta obra tão importante para nossa região do Vale do Paranapanema. Outras batalhas virão”, concluiu Ricardo Madalena.

Um comentário em ““A segunda fase da Raposo conclui nossa luta de anos”, diz Madalena

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *